sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Prêmio Set Sétima 2011

"Invasão em Los Angeles" é uma aula
de como não fazer filmes
Depois de um verdadeiro abandono do Set Sétima nos últimos meses, este blogueiro que vos fala resolveu voltar. Um tanto por conta da obrigação, é verdade. O mínimo que um blog de cinema deve se prestar a fazer é realizar um levantamento dos filmes que foram projetados na tela grande ao longo do ano. Já que nem todos receberam comentários por aqui (eu me mordo por não ter escrito, por exemplo, sobre "Cisne Negro", ou "Bravura Indômita"), os melhores e piores de 2011 vão dar as caras por aqui; agora.

Como sempre o critério é o menos criterioso possível: eu mesmo, munido do meu achismo, opino sobre os filmes que eu assisti no cinema em 2011. A lista dos concorrentes é a seguinte:

* 72 horas
* Aém da Vida
* Enrolados
* Incontrolável
* O Turista
* Bravura Indômita
* O Discurso do Rei
* Bruna Surfistinha
* Cisne Negro
* Invasão do Mundo - Batalha em Los Angeles
* Sucker Punch
* Rio
* A Garota da Capa Vermelha
* Uma Manhã Gloriosa
* Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas
* Qualquer gato vira-lata
* X-Men Primeira Classe
* Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
* Cilada.com
* Os Smurfs
* Super 8
* Conan - O Bárbaro
* Amanhecer - Parte 1
* Compramos um Zoológico
* Missão Impossível - Protocolo Fantasma

E os premiados foram os seguintes:

"Bravura Indômita". A prova de que
filmes "western" não saíram de
moda.

Melhor filme: Cisne Negro
Melhor diretor: Darren Aronofsky, por "Cisne Negro"
Melhor ator: Jeff Bridges, por "Bravura Indômita"
Melhor atriz: Natalie Portman, por "Cisne Negro"
Melhor ator coadjuvante: Matt Damon, por "Bravura Indômita"
Melhor atriz coadjuvante: Mila Kunis, por "Cisne Negro"
Melhor trilha sonora: Harry Potter 7 - Parte 2
Melhor animação: Rio
Melhores efeitos especiais: Planeta dos Macacos - A Origem
Melhores efeitos sonoros e som: Harry Potter 7 - Parte 2
Apesar da pouca leva de filmes
realmente bons em 2011, "Harry"
não figurou entre os melhores
Melhor figurino: O Discurso do Rei
Melhor direção de arte: Harry Potter 7 - Parte 2
Melhor maquiagem: Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas
Melhor roteiro original: Cisne Negro
Melhor roteiro adaptado: Harry Potter 7
Melhor fotografia: Cisne Negro
Melhor filme nacional: Bruna Surfistinha
Pior filme: Invasão do Mundo - Batalha em Los Angeles
Pior ator: Aaron Eckhart, por "Invasão do Mundo"
Pior atriz: Amanda Seyfried, por "A Garota da Capa Vermelha"
Piores efeitos especiais: A Garota da Capa Vermelha
Pior filme nacional: Cilada.com

 
"Cisne Negro", a grande injustiça
do Oscar do ano passado. O "Set",
porém, consertou isso

"Cisne Negro", pra mim, foi a maior injustiça do Oscar no ano passado. "O Discurso do Rei", ganhador de Melhor Filme, é, sem dúvida, uma grande obra. Mas o que o diretor Darren Aronofsky fez em "Cisne Negro" é absolutamente incrível e ímpar.


Já "Invasão do Mundo - Batalha em Los Angeles" é um filme que não deve ser levado a sério. Eu quero acreditar que aquilo é, na verdade, uma comédia. Um longa-metragem que se presta ao ridículo de inserir falas como "Talvez eu possa ajudar. Sou uma veterinária!", quando alguém está tentando dissecar um alienígena provoca uma vergonha alheia estratosférica. Me digam: qual a relação da medicina veterinária com extraterrestres?

Aqui em terras tupiniquins temos o péssimo "Cilada.com", que em momento algum se faz parecer um filme. E mesmo que "Bruna Surfistinha" entre para a lista do melhor filme nacional do ano passado, ainda não está perto de ser uma grande obra do cinema nacional, provando que o Brasil precisa mais mentes criativas e menos estrelismo e imbecilidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião sobre este filme? E sobre esta crítica? Comente! Deixe a sua opinião! Participe!