domingo, 6 de junho de 2010

Sex And The City

Mulheres: corram para os cinemas. Lá, assistindo Sex And The City 2 (Idem, EUA, 2010), vocês vão encontrar tudo que mais as agradam: um casamento dos sonhos (de um casal gay, é verdade, mas é outra coisa que não incomoda maioria das mulheres, certo?), muita gente bonita (todos os homens são galãs e todas as mulheres usam grife), roupas da moda, bundas masculinas (e outras coisas mais) em foco, sexo, preocupação com a beleza dermatológica, enfim... todos aqueles papos de salão de beleza reunidos numa sala escura. Ah! E tem também uma viagem para um lugar esplêndido e inesquecível, muito consumismo e claro, romance.

No novo filme da série Carrie (Sarah Jessica Parker) já está casada há 2 anos e vive a "crise do sofá", onde o marido Big (Chris Noth) só quer ficar sentado nele vendo TV.
Meio difícil fazer uma sinopse do filme, porque acontecem muitas coisas: cada uma das amigas com complicações diferentes na vida. Tem um casamento gay sem importância para a história no começo do filme, a babá dos filhos de Charlotte (Kristin Davis), motivo dos ciúmes dela e a obsessão de Samantha (Kim Cattrall) por uma pele jovem, peitos durinhos, homens jovens e gostosos que acaba levando ela e as amigas a um resort de alto luxo nos Emirados Árabes. Lá acontece mais um monte de coisas, umas inúteis, outras não, mas, uma após a outra, vai eliminando o "ar" de filme que o longa poderia ter.

Não há fluência narrativa, tudo é muito episódico, cheio de personagens desnecessários, que beira ao bizarro (musulmanas totalmente cobertas e, por baixo da roupa conservadora, grifes de alto luxo, como se elas pudessem fazer tais compras em segedo), explicações do que está sendo mostrado (repare na cena que Carrie volta pra casa depois da viagem. Ela diz: "nada de TV, nada de Big", sendo que é mostrado que Big não está na casa e a TV não estava no local; pra que repetir?), enfim; Sexy And The City continua sendo muito mais um seriado do que um filme. Aliás, desconfio se algum dia ele chegará a ser um de fato.


Pra não dar nota zero ao longa de Michael Patrick King, confesso que tem, sim, cenas engraçadas. Algumas só para as mulheres e gays, outras impossíveis até mesmo do homem hetero mais bem resolvido dar gargalhadas. No mais, é só mais um episódio do seriado sendo visto na sala escura. E aguardemos o terceiro filme da série para mais um longa sem novidade nenhuma.

Fúria de Titãs

Um interessante filme de fantasia do diretor Louis Leterrier. Perseu (Sam Worthington) é um semideus e descobre isso depois que seus pais adotivos são mortos. Agora ele tem a missão de matar o Kraken, fruto da fúria dos deuses contra a descrença humana, enquanto Hades tenta tirar o posto de Zeus.
Ótimos efeitos especiais em uma história simples, nada complexa, clichê, e com atuações regulares. Vale pelas sequências de ação.

Alice no País das Maravilhas

Alice (Mia Wasikowska), já crescida e depois de ter visitado o País das Maravilhas em sonhos, segue um coelho e volta ao local, onde deve ajudar a Rainha Branca (Anne Hathaway, ótima em seus gestos exagerados e expressivos) a destronar a Rainha Vermelha (Helena Bonham Carter). Ótimos efeitos especiais e direção de arte impecável. Mas não é o melhor de Tim Burton.

5 comentários:

  1. Ótimos efeitos especiais em Alice e Fúria de Titãs? Tu bebeu 5 litros de vodka e foi assistir os filmes, né?

    ResponderExcluir
  2. Fúria não vale nem pelos efeitos especiais! Um lixo aquele filme e nem vou citar aqui os motivos, pois encheriam demais esse espaço.

    Quanto ao Alice, se for assistido sem grandes pretensões, é um ótimo filme. Não é nem de longe o melhor de Tim Burton, mas também não é o pior. Eu gostei bastante do filme.

    Quanto ao Sexy and The City é o tipo de filme que eu espero passar na TV pra assistir, então nem li todo o seu comentário sobre ele. Mals.

    ResponderExcluir
  3. Bom, quero ver os 3. Aliás Alice eu já vi e fui esperando tão 'o pior' que nem achei tão ruim, mas tb não é extraordinário.

    Abraço.
    Fábio.

    ResponderExcluir
  4. Eu AMEI Alíce. Amei e me apaixonei pelo chapeleiro maluco hahahahah fiquei esperando loucamente pelo beijo dos dois no final, ma snem teve. PENA! =/
    rsrsr
    Sexy and city é ótimo, não assisti o 2 ainda, mas está na minha listinha!
    Bjão0=*

    ResponderExcluir
  5. Passando também para divulgar o mais novo cantinho ( Sim, outro deles!) rsrs
    É o " Resenhando". Ainda é novo, está fresquinho...
    Passa lá!
    pS: Aceito sugestões e até possíveis resenhas para publicação.
    Bjinhus!
    =*

    http://resenhandomm.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre este filme? E sobre esta crítica? Comente! Deixe a sua opinião! Participe!